Projecto NTC 3º ano sobre o Made in DeCA

11
Mar 10


A noção de storytelling, já existe desde os primórdios da civilização humana no entanto, a noção deste conceito como técnica de comunicação tem vindo a desenvolver-se recentemente. Assim, existem diversos tipos de histórias que variam de acordo com o contexto, isto é, com a cultura em que se inserem.


1. Evolução do conceito de Storytelling:

De acordo com Kathy A. Fitch1, podemos dizer que existem três fases de evolução do storytelling como conceito sendo elas: Fase Oral; Fase Escrita e, actualmente, a Fase Digital.

Fase Oral:  Predomina a transmissão verbal de todo o tipo de histórias como por ex, notícias, entretenimento, religião entre outros.

Fase Escrita: Com a escrita e a impressão em papel, as histórias começaram a ser transmitidas a um público mais alargado e com isso, também a sua transmissão de geração em geração e preservação da história original foi facilitada.
Um exemplo são os diversos contos de fadas do irmãos Grimm que são na verdade, versões impressas de histórias que nasceram muito antes da impressão.

Fase Digital:  Com os primeiros computadores e com a noção de hipertexto, o conceito tradicional de storytelling tem vindo a ser alterado. As histórias passaram de uma base linear (principio, meio e fim) para uma base em que o "leitor", tem a possibilidade de interagir com a narrativa da história e altera-la conforme a sua navegação e preferência pessoal.


2. Importância do Storytelling:

O facto de o ser humano ser capaz de construir narrativas, sempre foi a base da comunicação humana e, a base das culturas, sociedades, etc.
Enquanto que nos primórdios o storytelling era apenas uma forma de transmitir conhecimentos, valores, de criar mitos e lendas, de consolidar uma cultura e sociedade, hoje em dia, storytelling é usado como uma ferramenta aplicada em diversas áreas e contextos das mais diversas formas. Através do storytelling pretende-se, hoje em dia, inovar a forma como comunicamos com os outros nos mais diversos contextos sejam eles áreas cientificas e de negócio (saúde; tecnologias; formação; etc) ou para o puro entretenimento.


3. Conceito aplicado ao nosso projecto:

No caso do nosso projecto em concreto, pretende-se explorar esta nova técnica na área do entretenimento online.
Através da utilização inovadora das novas tecnologias da comunicação pretende-se aqui, contar a história do evento Made in DeCA de uma forma e perspectivas diferentes proporcionando ao utilizador uma nova experiência de navegação numa aplicação online.




1 “College of Dupage”, 2002. http://www.kafkaz.net/kfitch/storytelling.htm
 


Na passada quarta-feira decorreu mais uma orientação entre o grupo de projecto do Storytelling e o professor Arnaldo Santos.

 

Esta reunião permitiu a discussão sobre os seguintes pontos:

 

Ponto 1:  Qual o tema que melhor se ajusta àquilo que foi proposto pelo projecto incialmente?
 

 

- O que é o Made in DeCA que irá ser explicado recorrendo a exemplos do que já foi feito;

 

- A história da narrativa vai-se focar no processo de criação e candidatura de curtas: dicotomia entre o processo correcto e errado, com ênfase no estado criativo e inovador.

 - Quanto à gala de entrega de prémios  não pensamos aborda-la embora, seja possível uma pequena referência à mesma..

 

 

 

Ponto 2 - Requisitos Funcionais V.1:


Temos uma versão Beta dos requesitos, disponivel aqui -  Requisitos Funcionais V.1   que foi revista com o orientador e vai ser publicada a versão final corrigida. A viabilidade técnica também está a ser elaborada.

 É ainda de referir que não temos utilizadores registados, portanto, os requesitos funcionais dizem respeito aos utilizadores comuns, não registados no que se refere à página web.
A curta em si, não contempla utilizadores.

 

 

Relativamente ao sistema de ajuda a navegação de tipo tutorial, irá ser aplicado em sequências cuja interacção do utilizador é requerida, o mesmo pode aceder ao sistema de ajuda que proporcionará informação referente a como usar aplicação, bem como a pistas de foro gráfico como highlights ou rollover cursor changes.

 

Ponto 3 - Observações:


Falamos com o prof. Pedro Almeida que se disponibilizou a ajudar-nos no que respeita aos conteúdos para o Projecto e a quem, agradecemos desde já.
 

Bom resto de 5ª feira Malta!

 


Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
27

28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO